Chegou o VeinViewer, o ‘scanner’ de pele

cats1

Comandado pelo cirurgião vascular Ben-Hur Parente, do Hospital Albert Einstein (SP), o Setor Vascular da Clínica Dermatológica Paula Bellotti é o primeiro a receber o Sistema VeinViewer Vision no Rio de Janeiro, onde chegou esta semana. É uma tecnologia de imagem e tratamento de última geração que permite a visualização dos vasos mais profundos na pele, que não são visíveis a olho nu. São esses vasos mais profundos que nutrem aqueles vasinhos superficiais que tanto incomodam, especialmente as mulheres. Essa nova tecnologia pode ser usada no tratamento de qualquer alteração vascular, conferindo mais segurança aos procedimentos e conforto aos pacientes.

Milhares de centros médicos ao redor do mundo já utilizam o sistema de imagem VeinViewer para melhorar o acesso vascular periférico e oferecer o melhor cuidado aos pacientes. Com tecnologia de luz infravermelha e da patenteada Active Vascular Imaging Navigation (Avin), para navegação na imagem da atividade vascular, o equipamento tem uma precisão de 97% da largura de veias em comparação ao ultrassom.

A boa notícia é que, além de ser empregado para tratar queixas de vasos e varizes, o VeinViewer vai ajudar muito também nos procedimentos injetáveis da clínica, como preenchimentos (toxina botulínica e ácido hialurônico) e hidratações profundas. O equipamento ‘escaneia’ a pele do paciente, permitindo ao dermatologista visualizar os vasinhos da região a ser tratada de forma a não atingi-los com a agulha na hora do preenchimento, evitando assim equimoses e hematomas. Portanto, o VeinViewer confere ainda mais segurança nos procedimentos e risco praticamente zero de edema e manchas roxas no local da aplicação.

Consulte a nossa equipe e descubra se você tem indicação!

Voltar