Laser Elektra: tecnologia avançada para combater o melasma recorrente

O melasma – aquelas manchas acastanhadas localizadas principalmente na face e que aparecem geralmente na gravidez – é uma doença de origem genético-hormonal que pode estar relacionada a problemas na tiróide e também à exposição excessiva ao sol.

Trata-se de uma doença crônica com fases de melhora e piora e que atinge cerca de 70% das gestantes. O melasma não tem cura, mas se o paciente fizer tratamento, o problema pode ser muito bem controlado.

A novidade na Clínica Paula Bellotti para tratamento do melasma recorrente é o Elektra (ou laser Nd-Yag Q Switched fracionado), um laser fracionado não-ablativo de alta potência, rápido e indolor, que trata a pele sem agredi-la e sem tirar o paciente da rotina, podendo ser aplicado na face, pescoço e colo com excelentes resultados.

A tecnologia, de origem israelense, é indicada também para tratar olheiras, rosácea, manchas resistentes e melanoses solares. O Elektra atua ainda no rejuvenescimento facial e no estímulo à produção de colágeno novo, minimizando rugas e vincos da face, pescoço e colo e melhorando a textura geral da pele.

Voltar