Pele linda na folia!

ea880b2b-9326-4ee2-ad66-511e15398b14

Verão, Carnaval, folia, brincadeira, alegria! Esta é a época mais festiva do ano, que combina o ritmo do samba com o alto astral da estação. Nada como passar o feriadão seguindo os blocos ou curtindo os dias de folga viajando, mas seja qual for a sua escolha, há de se redobrar os cuidados com a pele. Todos os blocos são diurnos e ao ar livre. Por isso, vale reforçar a fotoproteção. Anote então as dicas da nossa equipe de dermatologistas!

 

Aplique um protetor solar com alto FPS no rosto e corpo 30 minutos antes de sair de casa. Para a face, dê preferência a produtos com toque seco. Para as meninas que desejarem uma cobertura de base, uma boa dica é lançar mão das versões com cor que, além de protegerem ainda mais, uniformizam o tom da pele. Já para o corpo, as versões em mousse ou spray são práticas e de fácil espalhabilidade.

Se for ficar muitas horas na rua, não esqueça de levar o filtro e reaplicá-lo a cada três horas.

Guarde uma água termal na geladeira e borrife várias vezes ao dia no rosto e colo. Ela refresca, acalma e hidrata a pele. As versões de 50 ml são práticas para levar na bolsa.

Chapéus, viseiras e bonés com proteção UV são ótimas apostas para reforçar ainda mais a proteção física do filtro.

Não descuide dos seus lábios! Use e abuse dos balms labiais e dos protetores em bastão para que fiquem sempre macios, hidratados e protegidos.

Atenção, foliãs! Sol forte e calor não combinam com makes muito carregadas e pigmentadas. Nessas horas, menos é mais. Do contrário, os produtos podem causar coceira, vermelhidão e alergias na pele.

É carnaval, é festa, mas é verão também! Nada de vestir as crianças com fantasias quentes, pesadas, muito bordadas ou de tecidos sintéticos. Quanto mais conforto, melhor. Prefira modelos feitos de algodão, mais frescos, leves e, de preferência, de cores claras.

Na praia, quando bater a fome, busque sempre opções mais saudáveis, menos calóricas e de procedência confiável. Ao invés de refrigerantes, prefira água de coco, mate ou água. Para comer, o milho cozido é uma ótima opção, além de ser muito saboroso. Se a pedida for um picolé, opte pelos de frutas ao invés dos cremosos. São mais refrescantes e têm bem menos calorias.

Cuidado com o consumo de frutas cítricas sob o sol. Elas contêm substâncias que podem causar queimaduras e manchas na pele. Para evitar, lave sempre muito bem e com água corrente as mãos ou áreas de pele que tenham tido contato com a fruta.

Cuidado com a insolação! Quando se abusa no tempo de exposição, ela pode ocorrer. Os principais sintomas são febre alta, pele muito vermelha e ressecada, mal-estar e desidratação. Para evitar, beba muita água, evite os horários de pico do sol, use chapéu e fique a maior parte do tempo embaixo do guarda-sol.

Dê preferência ao guarda-sol de lona ou algodão (que absorve 50% dos raios ultravioleta, inimigos da pele) em detrimento de tecidos sintéticos.

Não deixe as crianças ficarem muitas horas com sungas e biquínis molhados no corpo, o que cria a condição ideal para a proliferação de bactérias e fungos.

Em tempos de Zika vírus, Dengue e Chicungunya, os repelentes de inseto não podem faltar no nécessarie de viagem! Uma boa dica são os repelentes com Icaridina (que oferece até dez horas de proteção) ou DEET (até seis horas de proteção). Eles podem ser usados, inclusive, por gestantes. Já para as crianças, a melhor opção são aqueles sem álcool.

Queimou demais? E agora, o que fazer? Além dos hidratantes e ingestão de líquidos, uma boa dica é aplicar compressas geladas nos locais afetados. Tomar banhos frios, evitar pegar sol, não estourar as bolhas e beber muito líquido são outras dicas para ajudar a aliviar a dor e não machucar ainda mais a pele.

Você se acabou de pular nos blocos e chegou em casa com os pés latejando. E no dia seguinte, tem mais! O que fazer para aliviar a dor e o cansaço? Faça um escalda-pés revigorante. Coloque água morna numa bacia, adicione pedrinhas de sal grosso e mergulhe os pés, pisando suavemente nas pedras por 30 minutos. Depois de secá-los, hidrate-os bem com um creme de uréia a 20%, que tem ação emoliente e queratolítica.

Voltar