Proteja a sua pele, hidrate-se e alimente-se bem neste verão. Sua saúde agradece!

Verão, férias, viagens, praia, piscina e sol, muito sol! A estação mais aguardada do ano também é a mais perigosa para sua pele. Mas ninguém precisar ficar estressado ou deixar de curtir momentos maravilhosos ao ar livre com a família e os amigos.

Porém, é preciso redobrar os cuidados com a proteção e hidratação corretas da pele, com a alimentação e a ingestão maior de líquidos e, claro, com os cuidados pós sol. Assim, é possível aproveitar o melhor do verão sem descuidar da saúde e da beleza da pele e cabelos.

Não faltam boas opções de produtos no mercado com essa função: proteger bem você! São filtros e bloqueadores solares, hidratantes faciais e corporais com proteção solar, maquiagem inteligente e também ‘equipada’ com FPS, hidratantes in shower, leave ins e, claro, óculos, chapéus, viseiras e roupas confeccionadas em tecidos especiais – também com proteção anti UVA e UVB – e ideais para quem pratica esportes ao ar livre, veleja ou costuma ficar horas dentro da água.

E aqui vão algumas dicas de saúde para a estação:

Hidratação – rica em nutrientes e com ótimo sabor, a água de côco é sempre uma boa opção. Hidrata bem e o melhor: tem baixas calorias. O consumo de 100 ml fornece apenas 19 calorias. Além de refrescante e deliciosa, a água de côco é rica em sais minerais e nutrientes, sendo considerada um excelente isotônico natural, ideal para repor os líquidos e sais perdidos através do suor. O consumo de água também deve ser aumentado na estação. Beba de 6 a 8 copos por dia em intervalos regulares.

Alimentação – reduza a ingestão de sal. O Brasil está entre os maiores consumidores mundiais de cloreto de sódio. Um estudo recémpublicado revela que o consumo médio de sal no país é de 16 gramas por dia, enquanto a quantidade máxima recomendada pela Organização Mundial de Saúde é de seis gramas diárias. O sal em excesso é responsável por males como hipertensão, doenças cardiovasculares, problemas renais e retenção hídrica. Dê preferência ao consumo de frutas, legumes, verduras, sucos naturais, alimentos integrais e proteínas (carne, frango ou peixe) grelhadas. Evite álcool, refrigerantes, frituras, maionese, doces, alimentos muito calóricos ou de difícil digestão, corantes e conservantes artificiais. Procure comer a cada 3 ou 4 horas.

Proteção solar – o filtro deve ser de amplo espectro, ou seja, contra radiação UVA e UVB, e específico para cada tipo de pele. Dependendo da exposição, o ideal é que seja resistente a água. Ele deve ser usado diariamente porque a radiação está presente todos os dias. Mesmo nos dias nublados, é necessário usar o filtro solar, pois a radiação atravessa as nuvens. A recomendação é que o filtro seja aplicado na pele 20 minutos antes de a pessoa sair de casa e reaplicado em média a cada duas horas.

Cabelos – a exposição solar inadequada também pode causar danos ao couro cabeludo. O ressecamento excessivo dos fios é um dos efeitos mais visíveis. Outro problema que pode afetar especialmente as pessoas mais calvas é o aparecimento de lesões pré-cancerígenas. Elas predispõem o corpo para o desenvolvimento do câncer de pele. A prevenção, mais uma vez, é o melhor remédio. Recomenda-se a aplicação do filtro nas regiões mais vulneráveis 20 minutos antes da exposição.

Bronzeamento gradual – quem quer aproveitar o verão e ficar bronzeado de forma saudável deve fazer uma exposição gradual cedo, antes das 10h da manhã, mesmo assim sempre usando um protetor de acordo com seu tipo de pele. Em uma semana, a pessoa estará com uma cor bonita e sem ter danificado a pele. Para um bronzeado mais uniforme, a pele deve ser preparada com uma esfoliação no dia anterior. Após a exposição, é fundamental a aplicação de um bom hidratante ou loção pós sol. Assim seu bronzeado irá durar mais.

Depilação e manchas – não deixe a depilação para a última hora. Ela deve ser feita uma semana antes da exposição solar.

Voltar