Repair Peeling: solução eficaz para manchas, rugas e flacidez

Nesta época do ano, às vésperas do inverno, aumenta muito a corrida de pacientes aos consultórios e clínicas dermatológicas em busca de recuperar a pele dos “estragos” do último verão. As queixas mais frequentes referem-se à presença de manchas, rugas, linhas e flacidez. É chegada então a hora de recorrer a procedimentos capazes de melhorar o viço e a textura da pele fotodanificada pela exposição solar excessiva.

São muitas as opções de tratamento hoje disponíveis. O melhor caminho a seguir depende de uma avaliação cuidadosa de um dermatologista, do histórico e também das características de cada paciente.

Sou uma entusiasta dos chamados tratamentos combinados, que associam várias tecnologias em busca dos melhores e mais duradouros resultados.
Entre os lasers, uma ótima opção é o Repair Peeling, que combina o laser de CO2 fracionado com peelings em consultório (de 1% a 10% de ácido retinóico), conforme a necessidade de cada paciente.

O Repair Peeling aquece a derme, focando sua ação na regeneração da pele de dentro para fora e promovendo a contração imediata de colágeno (proteína que dá sustentação à pele). Clareia manchas e reduz rugas e flacidez, além de melhorar o viço e a textura da pele como um todo.
Quando associada a peelings superficiais em consultório, essa tecnologia é capaz de tratar até mesmo aquelas manchas mais resistentes, que tanto incomodam especialmente as mulheres.

Em uma única sessão do Repair Peeling, já é possível se notar uma boa diferença, principalmente no clareamento das manchas e no efeito de rejuvenescimento.

Voltar